Recife, cidade de quais pessoas?

por: Nativo

Moradores do Bairro de Afogados há anos sofrem com o descaso da PCR (Prefeitura da Cidade do Recife).

Um morador que prefere não se identificar, nos enviou via e-mail, estas imagens que retratam a atual situação da Rua Alfredo Maia no bairro de Afogados, está que é transversal da Rua Vinte e Um de Abril (rua muito importante que liga os bairros de Afogados, Mustardinha, Magueira, San Martin e Torrões).

O morador completa o e-mail assim: – Sempre foi desse jeito, principalmente quando chove. Mesmo sem chover, vira e mexe o esgoto transborda e a situação se complica. Foi interditada desta forma, porque alguns acidentes aconteceram com aqueles veículos que tentaram passar no meio da água sem saber que podia cair no bueiro. É triste está situação, há anos que a prefeitura faz obras paliativas e não resolvem o problema.

Sabemos que casos como esse além de inviabilizar a mobilidade urbana, também se transforma em um vetor de doenças para população que transita e mora no entorno. Esperamos que isto seja resolvido definitivamente e que os moradores possam se mobilizar para cobrar das entidades responsáveis.

Para este tipo de caso devemos entrar em contato com a Central de Atendimento da Emlurb – dique 156.

ATUAL PROPAGANDA DA PREFEITURA DO RECIFE: http://www.youtube.com/watch?v=KyullEz9Fdc

Esta lista de link’s com matérias do Jornal Infornativo, infelizmente mostra como é contraditório as afirmações desta propaganda da atual gestão de nossa prefeitura:

http://infornativo.com.br/do-sucateamento-ao-abandono-o-que-fazer-para-continuarmos-acreditando-no-sus/

http://infornativo.com.br/vem-por-ai-muita-chuva-e-uma-copa-sem-preparacao-das-ruas-os-transtornos-continuarao/

http://infornativo.com.br/antes-consciente-que-um-cidadao-penalizado/

http://infornativo.com.br/campo-do-piolho-mais-um-exemplo-de-descaso/

http://infornativo.com.br/ruas-alagadas/

http://infornativo.com.br/pedestres-sentem-dificuldade-para-atravessar-avenida-general-san-martin/

http://infornativo.com.br/niguem-cuida-da-rua-do-poco/

 

 

Deixe uma mensagem