O agito do carnaval na Região Oeste do Recife

por: Peixe| Fotos:  do Acervo Maracatu Almirante do Forte e Maracatu Cruzeiro do Forte

Na sua programação oficial, o carnaval no Recife começa no centro e vai se capilarizando, atingindo os mais diversos pontos da cidade, com desfiles de agremiações nos bairros. É uma festa generalizada.

Essa onda de carnaval descentralizado começou na década de 80, com a desativação dos desfiles em passarelas, que aconteciam no centro da cidade. A partir daí, os bairros viraram verdadeiros focos da folia.

Para este ano, a Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) promete uma festa com uma convergência de ritmos, passando pelo caboclinho, maracatu, marchinhas tocadas por bandas de pau e corda, afoxé, samba e muito frevo.

Nessa profusão de culturas, estão previstas apresentações de grupos tradicionais como o Clube de Frevo Lenhadores, a Troça Formiga sabe que Roça Come, o Bloco da Saudade, o Urso Cangaçá de Água Fria, o Caboclinho 7 Flexas.

Já incluídos nessa tradição do carnaval descentralizado, os bairros da Região Oeste não ficaram de fora da festa. Segundo a publicação de divulgação da Prefeitura, estão incluídos na rota da folia os bairros do Cordeiro, Jardim São Paulo, Mustardinha e Areias.

Entre as atrações do Polo do Cordeiro, estão SpokFrevo Orquestra, Maestro Forró e Orquestra Popular da Bomba do Hemetério, Clube de Frevo Lenhadores, O urso da tua mãe, Afoxé Filhos De Dandalunda, Almir Rouche, Nena Queiroga e Jorge Aragão. O palco é na Rua Gomes Taborda, mais conhecida como Rua da Lama.

O bairro do Cordeiro também será palco de um concurso de agremiações que está previsto para acontecer na Avenida do Forte. Até o fechamento desta edição a Prefeitura do Recife ainda não havia divulgado as atrações que estarão presentes nos bairros de Jardim São Paulo, Mustardinha e Areias (20/02/2017).

O CARNAVAL NOS BAIRRO

As atrações da programação oficial do carnaval do Recife ainda não se apresentaram, mas isso não quer dizer que nos bairros a festa já não tenha começado.

As prévias já estão agitando os foliões da Região Oeste. No bairro da Mustardinha, já saíram os tradicionais blocos do Gut Gut e Palhaçada. O bloco Buchudos do Cordeiro, animou o bairro em festa que fez nas prévias do carnaval.

“O carnaval aqui da Mustardinha é muito animado, tanto que eu raramente vou ao centro”, conta a comerciante Sueli Maria. Segundo ela, nas prévias a festa é muito maior que no período carnavalesco propriamente dito. “Como a agitação é feita pelos blocos daqui, a gente anima muito mais”, garante. A festa acontece na Avenida  Manoel Gonçalves Luz, especificamente na Praça do ABC.

De acordo com Leda Patrícia, moradora de Jardim São Paulo, o carnaval do bairro, que acontece na Avenida São Paulo, também é muito animado. “No dia da festa isso aqui fica cheio, a avenida fica interditada. Também tem muita coisa voltada para criança, e acaba vindo gente de bairros vizinhos, como Areias, Tejipió e Priacicaba”, diz.

No Cordeiro também é a mesma coisa. “A Rua da Lama fica quase toda cheia, muita gente fantasiada. Sai muito blocos engraçados como as Catraias, as Raparigas da Guilherme e até bloco Infantil, como o Bundinha de A.S.”, destaca Valter de Arruda, que frequenta o carnaval local há pelo menos 40 anos.

foto: Cora Viterbo

O OUTRO LADO DA BRINCADEIRA

Infelizmente, no período carnavalesco também tem uma coisa que estraga a festa nos bairros: a violência.

Praticamente todos os entrevistados para esta matéria destacaram que a existência de carnaval nos bairros é algo muito positivo, mas que nos dias de folia também acontecem muitos atos de agressão e até mesmo mortes.

“É muita confusão. Eu já vi até policial apanhando no meio das brigas que são muito frequentes”, lembra Roberto da Silva, morador de Jardim São Paulo.

“Hoje parece que, as pessoas, principalmente, as mais jovens, não sabem brincar. É tanto desentendimento que quem quer brincar acaba não indo para a festa porque tem medo. Isso reforça a necessidade de mais medidas de segurança, que precisamos ter, principalmente nesse período”, ressalta Valter de Arruda.

Deixe uma mensagem